Parece que todos os que fabricantes que fizeram esse kit tiveram a mesma solução de engenharia… A carroceria está divida de forma bem similar ao GT da Revell e ao da Hiro… Todos foram pelo caminho de separar a parte traseira. Nesse kit o destaque acho que é justamente a montagem da carroceria, são muitas partes, acredito que não vai ser muito fácil deixar tudo alinhado mas sendo Tamiya já melhora bastante porque o padrão de acabamento das peças é o de sempre, muito bom. 

A árvore com as peças do interior é a mesma onde está o assoalho do carro, o interior é bastante detalhado.  

Aqui as árvores com as peças do motor e demais partes mecânicas (suspensões, etc). Tudo bem detalhado também. 

Porque a Revell não consegue fazer as peças desse jeito? Não deve ser tão difícil… O extrator do kit do Ford GT Le Mans, feito pela Revell, é grosseiro. 

Nada a falar contra as transparências. Aqui não temos limpadores injetados na pára-brisas. No GT Le Mans da Revell os limpadores são injetados na carroceria, outra bola fora deles. 

As rodas seguem o padrão Tamiya, bem dimensionadas para a escala, pneus de ótima qualidade e um tom de cromado bastante bom.

Aqui um detalhe que alguns fabricantes tem deixado a desejar, as máscaras para as transparências. Indo contra a corrente a Tamiya incluiu as mesmas no kit.

Detalhe do manual que fala sobre a montagem do interior, repare no bom nível de detalhamento. 

Os decais incluem algumas opções de faixa para serem utilizadas na carroceria. 

  • 9/10
    Injeção (rebarbas, linhas de molde) - 9/10
  • 9/10
    Detalhamento (detalhes de interior, suspensão, PE) - 9/10
  • 7/10
    Manual de Montagem (Instruções de pintura, história do modelo, etc…) - 7/10
  • 8/10
    Folha de Decais (Qualidade de impressão, detalhes, etc…) - 8/10
  • 9/10
    Acuracidade (Fidelidade na reprodução do carro 1:1) - 9/10
8.4/10